DICAS PRODUTOS, RELACIONAMENTO / SEXO

5 dicas para não ter dúvidas na hora de escolher um lubrificante íntimo

lubrificante-intimo-5-dicas-especiais

O sexo é um dos momentos mais importante na vida do casal. Afinal, além de trazer benefícios para a saúde de ambos, a prática ainda aproxima os parceiros e mantém sempre viva a chama da paixão. É por isso que muitos casais buscam formas para tornar esse momento mais prazeroso, e uma delas é o uso do lubrificante íntimo.

Mas esse item ainda gera algumas dúvidas! Por isso, listamos, neste post, 5 dicas essenciais para escolher o lubrificante ideal. Confira!

O papel do lubrificante íntimo

O lubrificante íntimo tem se tornado cada vez mais popular no mercado. E o motivo é bem simples: seu papel é diminuir o atrito, a dor e a ardência durante a relação sexual, tornando a prática mais prazerosa, principalmente para as mulheres.

No mercado, existem diversas opções do produto, e as principais são:

  • lubrificantes à base de água: não causam alergias, são fáceis de serem encontrados e não mancham tecidos;
  • lubrificantes à base de silicone: podem causar reações alérgicas em algumas pessoas e são mais difíceis de serem retirados da pele, mas não reagem com o látex;
  • lubrificantes à base de óleo ou petróleo: são os mais espessos e altamente contraindicados, pois podem causar o rompimento do preservativo.

Como escolher o lubrificante íntimo

Agora que você já sabe o quanto o lubrificante íntimo é importante para a relação sexual, vamos mostrar algumas dicas básicas para que você não tenha dúvidas no momento de escolher o seu. Veja!

1. Prefira sempre aqueles à base de água

Apesar de existirem variados tipos de lubrificantes, como mostramos logo acima, o mais indicado são os produtos à base de água. Isso porque eles são hipoalergênicos, ou seja, não vão causar irritações nos genitais.

Além disso, os lubrificantes à base de água são mais seguros, pois não reagem com o látex. Assim, evita-se o rompimento do preservativo, garantindo a proteção contra doenças sexualmente transmissíveis ou contra uma gravidez não planejada.

2. Evite lubrificantes com anestésicos

Os lubrificantes com poder anestésico são utilizados devido ao amortecimento que oferecem durante a prática sexual. No entanto, podem ser perigosos se o casal não for cuidadoso — sendo melhor evitá-los.

Basicamente, o perigo desse produto está no fato de que a mulher não vai sentir a movimentação durante a penetração. Dessa forma, o seu uso pode camuflar lesões sérias causadas por movimentos mais bruscos, comprometendo a saúde da região genital.

3. Experimente os lubrificantes comestíveis

Para quem deseja apimentar o relacionamento e tornar o sexo ainda mais intenso, o uso de lubrificantes comestíveis é uma excelente opção.

Esse tipo de produto pode ser encontrado em diferentes sabores e essências, o que o torna uma ferramenta indispensável para a prática do sexo oral. Com ele, o casal consegue experimentar um momento muito mais íntimo e atingir o prazer de forma inovadora.

4. Sempre compre produtos específicos para a região genital

Para não errar na sua escolha, lembre-se, também, de nunca comprar produtos que não são específicos para a região genital, pois eles podem ser prejudiciais para a sua saúde.

Então, jamais faça improvisações com creme, óleo, gel ou qualquer produto caseiro. Utilize apenas lubrificantes desenvolvidos especialmente para o ato sexual, pois eles são dermatologicamente testados e estão dentro dos padrões necessários para o uso seguro.

5. Aposte nos lubrificantes íntimos de excitação

Outra dica essencial para escolher o lubrificante íntimo ideal é apostar naqueles desenvolvidos especialmente para aumentar a excitação. Sim, eles existem e podem fazer maravilhas por você!

O segredo desse item está nas sensações que ele gera no corpo. Alguns promovem o aumento do fluxo sanguíneo nos genitais, gerando o efeito de aquecimento nessa área e potencializando o prazer. Outros podem trazer a sensação de formigamento.

Como você pode perceber, não existem grandes segredos para a escolha do lubrificante íntimo. Vale ressaltar, ainda, que existem alguns casos em que o lubrificante é extremamente indicado — como quando a lubrificação natural é inexistente ou insuficiente ou quando o casal pretende fazer sexo anal.

Gostou do conteúdo e quer conhecer mais maneiras de inovar na hora do sexo? Então, leia o próximo artigo e confira 4 produtos eróticos que vão esquentar seu relacionamento!

 

banner-loja-virtual-estilosedutor-postPowered by Rock Convert
0 Comentários